Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘1997’

escada
Esta foi uma das primeiras imagens que fiz com minha Yashica profissional. Era uma experiência em baixa velocidade, como parte dos primeiros ensaios para a aula de fotografia na Universidade. Tenho muitos motivos para gostar dela, para mim, é uma imagem que tem substância e magia, ingredientes fundamentais para uma boa foto, segundo Elliott Erwitt, da agência Magnum, fundada por Cartier-Bresson. Em entrevista a Folha de S.Paulo, ele reclama das “imagens fajutas da atualidade”. Destaco abaixo, alguns pontos interessantes da entrevista:

“Uma boa foto tem de ser bem composta, ter substância e algum tipo de magia que não se pode explicar. Hoje as pessoas são muito desajeitadas ao fotografar. Certo formalismo ainda é importante, mas conteúdo também. Só fotos que têm os dois são memoráveis”

“Tenho a sensação que o digital só tornou as pessoas más fotógrafas. Serviu para que amadores pudessem tirar fotos, mas fez os profissionais ficarem folgados demais. Há muito menos pensamento hoje. Você pode dar uma câmera digital a um orangotango e conseguir resultados melhores do que com uma pessoa”

“Se você está fotografando, tem responsabilidades. Tem de fazer um trabalho honesto”

“Se você quer ser fotógrafo, manipular imagens é uma coisa terrível. Isso ficou fácil demais e virou algo quase criminoso, e ao mesmo tempo muito “cool”, muito atual. Acho que tudo bem, contanto que não chame isso de fotografia”

“Fotografia é o que está ali, não o que você inventa na tela do computador. Isso vale se você quer vender Sucrilhos ou um automóvel, mas é preciso dizer que você quer vender Sucrilhos ou um automóvel. O que é especial em fotografia é que é real, não que você voltou para um quartinho e fabricou algo. Isso não é fotografia”

Anúncios

Read Full Post »