Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Occupy’

Read Full Post »

Speech

Read Full Post »

A grande mídia esta ignorando. Os carros da ABC, Fox News e diversos outros canais estão aqui do nosso lado, cobrindo o Occupy Wall Street. Mas além de minimizar a maior manifestação civil norte-americana desde a Guerra do Vietnã, nenhuma rede de TV ousa a fazer as relações necessárias para compreender este evento.

O documentalista Michel Moore ao professor Noam Chomsky do MIT, nomes mais que representativos do que resta de critica e consciência nos Estados Unidos, reconhecem a importância da ocupação inspirada, quem diria, pela primavera árabe e que em pleno outono americano ocupa lugares públicos em cerca de 20 cidades dos principais centros urbanos da América.

Não existem lideres no movimento. Pelo menos dois séculos de luta pelos direitos humanos e liberdades individuais, dotaram os cidadãos americanos de uma capacidade de auto gerenciamento invejável. Em Boston e NY, duas ocupações onde tenho a oportunidade de viver o cotidiano, o trabalho voluntário sustenta a dinâmica dos acampamentos que contam com cozinha, ambulatório medico, centro de imprensa, workshops, banheiros químicos. Cada um ajuda como pode e o tanto que pode, cinco minutos, cinco horas. Todos podem falar e se manifestar. Assembleias são constantes, depoimentos, um grupo arrecada fundos, outro doações, outro pega assinaturas em abaixo-assinados que serão enviados ao Congresso e ao presidente Obama.

Denuncias contra grande corporações são constantes. Casos absurdos contra bancos, fabricas, industrias. Todos querem contar sua historia, todos querem falar com todos, explicar, entender, articular. As historias se repetem: americanos que na casa dos 50 anos estão endividados ate a tampa, trabalhando das 3 da manha as 10 da noite para ganhar quase nada, estudantes sufocados pelas mensalidades exorbitantes das universidades, mesmo nas consideradas publicas, legião inteira de desempregados, jovens sem esperança que só conhecem a historia da decadência desse que já foi o grande império econômico mundial.

Ao redor de tudo isso, uma cambada de loucos, porra loucas, curiosos, turistas vem contribuir com sua anarquia, engrossando o caldo da esperança por um mundo melhor, diferente, possível, que quebre o moto continuo da lógica do lucro e da exploracão humana.

A maioria dos americanos nunca foi a favor das guerras, mas sempre se mantiveram em silencio no seu conforto de consumo. Agora é diferente. Exigem o fim das invasões no Afeganistão, Iraque, querem o aumento de impostos para os ricos e que toda essa fortuna incalculável seja revertida em favor de mais trabalho nos EUA.

Wall Street parece uma Canudos no século XXI, tamanho a quantidade de pessoas disposta a enfrentar as autoridades até as ultimas consequências. Ainda é cedo para dizer onde o movimento vai parar. O frio aumenta dia-a-dia, nao se sabe ate quando esses jovens, velhos e crianças famintos de amor e renda vão suportar. O governo cozinha as manifestações em banho-maria, e vejo na cara dos policiais que cercam a praça em Wall Street, a sensação de que uma hora tudo voltara ao normal.

Não sei. Olhando agora aqui em volta, no epicentro dos ataques de 11 de setembro, na esquina da ferida aberta dos Estados Unidos com as novas torres do World Trade Center sendo erguidas e no meio do caos das bandas que tocam e da multidão que passa freneticamente, eu sinto algo diferente no ar. Tem um brilho nos olhos dessas pessoas.

Assim como a Revolução Americana de 1776 mudou e influenciou todo o século XVIII, não há nada demais em encher a alma de Utopia e torcer para que um outro mundo surja a partir dessa revolução. E quem sabe não faremos o #OccupyBrasil na esplanada dos ministérios em Brasília para expurgar o câncer brasileiro da corrupção?

Vale a pena apostar nos olhos, beijos e abraços de todos os acampados que clamam por justiça, igualdade, liberdade em Nova Iorque, Boston, Los Angeles, São Francisco e tantas outras cidades como Cairo, Israel, Barcelona, Madrid… Alguma coisa esta no ar, uma vontade de mudança. O mundo carece disso. God bless the child. God bless America.

ACOMPANHE AQUI AO VIVO DIRETO DA WALL STREET.

Read Full Post »